Vou começar esse artigo dizendo um ponto para você que eu quero que você tenha noção que é  importante.. Se você tem uma fachada de Steel Frame, você tem que saber isso.

Eu quero que você tenha em mente: o Steel Frame é um  sistema articulado. 

O isso quer dizer? É o que eu vou te explicar agora.

Eu sou a Helena, mas conhecida como Dama do Gesso. Estou há mais de 13 anos no mercado da Construção à Seco, eu participei de várias obras, uma delas foi a Torre de TV na Cidade Olímpica. Faturei mais de R$100 milhões em obras antes dos meus 30 anos. 

Uma coisa super importante que você tem que entender é:

O Steel Frame é um sistema articulado, logo ele se movimenta.

Ele foi feito para se movimentar. Por isso que ele é tão mais resistente do que outras contribuições para abalo sísmico, terremoto, para grandes cargas de evento.

Por quê? O que acontece? A nossa estrutura é toda aparafusada.

Por ser aparafusada, ela pega aquela energia da vibração, seja do terremoto ou da carga do vento e a energia sai pelo parafuso. 

Como eu disse anteriormente, nossa estrutura se movimenta, ela foi feita para se movimentar.

E qual é a vantagem?

Tem diversas vantagens, eu amo estruturas articuladas. Para você ter noção, a galera da estrutura metálica pesada, que antigamente usava solda em tudo, hoje em dia estão usando parafuso em tudo. A galera quase não usa mais solda.

Porque a solda faz uma conexão rígida, aí não dissipa energia. Agora quando você tem articulada, aparafusada, é maravilhoso.

Mas isso não quer dizer que você vai ver o prédio se movimentando…

É tipo o micro do micro do micro do milímetro. Você não vai ver um prédio se movimentando.

Isso é muito importante, não fique com medo, falando: “Ai, meu Deus, eu moro em uma casa de Steel Frame, eu vou ver as coisas se mexendo”. Não, você não vai conseguir enxergar isso. É micro do micro do micro do milímetro.

Já que você tem uma estrutura articulada, que foi feita para se movimentar. Automaticamente você tem que trabalhar com materiais que se movimentem também. 

Por isso que quando a gente tem materiais que exigem junta de dilatação, não é só por causa do trabalho térmico dele, mas também é por causa da rigidez da placa, da rigidez do sistema e o quanto que ele pode absorver ou não de movimentação.

As nossas juntas de dilatação servem para isso, para movimentação também.

A partir do momento que você não tem elas e você tem materiais rígidos, o que acontece? TRINCA.

Por exemplo, basecoat é qualquer tipo de argamassa? Não! 

Senão você pegava  AC1, AC2 e tacava lá na fachada e vida que segue. Ou então você pegava aquele cimento com areia, aquela farofa e fazia o reboco mesmo em cima do Steel Frame e vida que segue, estava tudo bem.  

Só que não, não dá certo, trinca. 

Nosso sistema se movimenta, ele é articulado. E por ele ser articulado, a gente tem que trabalhar com materiais flexíveis.

O que são materiais flexíveis? 

São materiais que têm silicone, polímero, fibra.

Pois é, por exemplo, a nossa placa de gesso com fibra de vidro. Ela tem fibra. Já o nosso sistema de acabamento basecoat é uma argamassa com fibra também. 

Nossos sistemas de acabamentos, as nossas massas cimentícias, elas têm muita resina e muito silicone! 

Ela tem muito, você não tem noção. Eu brinco, que ela seca, você faz uma bolinha. 

Nosso sistema foi feito para se movimentar, então você tem que trabalhar com materiais flexíveis.

Então se você está com micro fissuras, está aparecendo na sua fachada e você não está feliz com a sua fachada…

Você pode passar uma massa acrílica ou niveladora para não ter aquele trabalho de analisar a junta, igual eu falei, de arrancar o acabamento, de mexer no espaçamento do perfil, de trocar a espessura da placa.

“Helena, pelo amor de Deus, tudo o que você está falando é muito complicado. Deixa eu só passar uma massa por cima e está tudo bem. De tempos em tempos eu faço manutenção disso”.

O que eu te dou de dica. 

Primeiro, você vai passar uma base protetora por cima. Um fabricante que eu gosto muito do acabamento e que eu recomendo muito para você é o pessoal da tô com saudade Drylevis. 

O Ivaldo da Drylevis, é a pessoa responsável pela criação de materiais, ele ama flexibilidade, ele bota tudo para ser elástico e flexível. Ele entende que as coisas se movimentam. Eu amo isso.

Eles têm uma membrana maravilhosa que você pode passar por cima da sua fachada acabada, pintada, toda bonitinha.  

Mas se você está a fim de botar massa niveladora para poder acabar com as fissuras. O que eu recomendo que você faça? Pega a massa niveladora deles também, porque é uma massa flexível, a massa se movimenta.

A massa se movimentou, não tem problema, ela é elástica. A massa deles é bem elástica. E tem outros fabricantes também que tem a massa elástica.  Mas eles têm uma massa niveladora elástica muito bacana.

Então você passa o primer, passa a massa niveladora deles também. 

E até se você não quiser passar massa niveladora, isso depende do seu tipo de acabamento da fachada. Não sei se é aquele acabamento lisinho ou se é aquele com textura.

Eu prefiro com textura, porque aquele lisinho marca tudo, gente, é um inferno. 

Não adianta, cara. Pode fazer o acabamento perfeito, maravilhoso, que aquela porcaria vai bater alguma luz rasante assim cruzada, virada que vai marcar sua fachada.

Então você pega a massa niveladora deles, passa, se você quiser uma pintura lisa, e depois passa a tinta deles. Eles têm na tinta elastomérica também. Isso é muito bacana.

Agora, se você não quer passar massa niveladora e quer dar só uma textura corrida, eles têm uma textura flexível também! Legal, eu adoro!

Não são só eles, têm outros fabricantes, mas eu gosto muito do pessoal da Drylevis. Você pode procurar eles lá, busca lá: www.drylevis.com.br. Você vai ver os materiais que eles têm. Eles têm materiais de acabamento flexível. Pega os materiais deles. Fechou?

Agora, é garantia de no futuro não vai aparecer mais trinca só porque é elástico?

Não. Lembrando, se o seu sistema está trincando e você fez o processo de acabamento bonitinho do fabricante de acabamento, é porque provavelmente você está com problema lembra? Na espessura da placa, junta de dilatação, espaçamento dos perfis ou alguma coisa do tipo.

Saiba que de tempos em tempos você vai ter que fazer manutenção e provavelmente vai ter que reparar, fazer coisa do tipo.

Mas se você está trabalhando com os materiais elásticos, já ajuda muito, segura, esconde, faz uma maravilha. Eu acho que é isso.

Espero que você tenha curtido, que tenha gostado das dicas..

Eu só vou pedir uma coisa, depois manda notícias? Faz um videozinho mostrando a sua obra, manda foto pra gente, compartilha.

O pessoal gosta de saber que pode dar problema também. Nem tudo é um mar de rosas, acho importante deixar isso claro, problemas podem acontecer.

Agora, o importante é como você vai lidar com o problema. Isso é muito importante.

Por isso eu sempre recomendo os meus cursos. Lá eu vou te dar dicas muito legais e prática, ou até mesmo na teoria.

Agora com O BOOM DO STEEL FRAME eu te mostro 20 táticas infalíveis que me ajudaram a obter mais de R$100 milhões em obras antes dos meus 30 anos.

Um curso totalmente online e rápido de ser feito, que você pode fazer e já sair aplicando no seu dia a dia.

Gostou? É o que você precisa? Então clica no link aqui embaixo e saiba mais sobre o meu treinamento:

Saiba mais sobre o BOOM do Steel Frame

Me siga nas redes sociais:

Veja mais conteúdos sobre steel frame
Siga nosso instagram sobre steel frame
Conheça nossa página no Facebook