Por Dama do Gesso | Arquiteta com mais de 13 anos de experiência em construção a seco

Muitos profissionais fazem o tratamento de juntas e base coat conforme as especificações do fabricante e ainda assim surgem fissuras, mas o que realmente pode estar provocando essas rachaduras?

Normalmente esse problema pode ser um erro de execução e até mesmo por causa das placas e da estrutura.

Como descobrir o problema nas fachadas?

Se o problema está nas fachadas e todo o processo de acabamento foi feito da maneira correta, o erro pode estar na espessura das placas usadas.

Existem placas de gesso com 12 mm, de 12,5 mm e de 15 mm (mas essa quase não se vê no mercado). Já as cimentícias possuem espessuras de 4, 6, 8, 10 e 12 mm e isso faz com que muitas pessoas não saibam qual a correta para cada tipo de caso e optam sempre pela mais barata.

Fachada não é só acabamento, mas também espessura de placa.

Qual a espessura correta da cimentícia para fachadas?

Em fachadas você só pode usar placa de 10 mm ou de 12 mm, dependendo da recomendação do fabricante da placa. Não é só porque usou a placa OSB por debaixo da cimentícia que significa que ela pode ser de menor espessura. Esse é um erro muito comum.

Qual a espessura correta da OSB para fachadas?

Em fachadas a placa de OSB usada é a de 11mm. A de 9,5 mm é indicada apenas para usar internamente.. 

Então dá uma olhada, veja se você usou a espessura correta da placa correta da sua fachada.

Juntas de dilatação da fachada de steel frame

Além disso, existem as juntas de dilatação entre as placas. A placa OSB precisa de junta de dilatação, porque se esquecer na montagem, ela pode dar ondulações.

A OSB precisa de junta de dilatação, assim como a cimentícia. 

O correto é trabalhar sempre com juntas de 3 mm. Você pode usar como gabarito o parafuso preso no perfil entre uma placa e outra, assim garante que a placa não junte. 

Junta de dilatação é extremamente importante! Por isso, se for usar OSB + cimentícia não há problema, mas não esqueça da junta de 3 mm e a cada 6 metros.

Como funciona a junta sistêmica de fachada?

Na junta sistêmica existe perfil de um lado e de outro, que não podem estar colados, eles precisam de uma junta de 2,5 cm entre a placa e a cada 6 metros.

Para esse tipo de junta existem perfis de PVC, bit U, silicone e outras soluções, mas essa distância tem que existir para a junta se movimentar.

Contraindicações: não use materiais ou massas rígidas.

O espaçamento dos perfis também influencia?

Sim! Cada espessura de placa demanda um espaçamento mínimo entre os perfis. 

E para áreas externas esse espaçamento sempre será de 40 cm. Esse é o padrão exigido pelos fabricantes, por isso é extremamente importante seguir.

Mas por que existe essa exigência de mercado? 

O Brasil tem variações térmicas gigantes e discrepância de umidade. Tem lugar que é muito úmido e tem lugar que é muito seco. Por isso, são feitos diversos testes nas placas e cada tipo de acabamento é feito de acordo com essas variações térmicas, então a norma exigida é para evitar erros e patologias futuras na fachada.

Se você curtiu essa dica, se liga na dica que eu vou te dar agora.

Quer entrar para o ramo da construção à seco, mas não sabe como oferecer seu produto ao seu cliente?

Conheça o nosso curso O BOOM DO STEEL FRAME.

Aprenda quais são as 20 táticas que me ajudaram a alavancar com meus negócios, me possibilitando ter mais de R$100 milhões em obras antes dos meus 30 anos.

Clica no link aqui embaixo para mais informações.

Saiba mais sobre o BOOM do Steel Frame

Me siga nas redes sociais:

Conheça nossa página no Facebook
Siga nosso instagram sobre steel frame
Veja mais conteúdos sobre steel frame