Esses são os verdadeiros motivos que tornam o Steel Frame diferente do Drywall

Esses são os verdadeiros motivos que tornam o Steel Frame diferente do Drywall

Você sabia que Drywall e Steel Frame não são a mesma coisa? Nesse artigo da “Central Steel Frame” eu vou te contar o porquê, quebrando mitos, quebramos barreiras, falando sobre assuntos técnicos, sobre perfis, ações, carregamentos e sobretudo o que você precisa saber sobre construções a seco em geral e os verdadeiros motivos que tornam o Steel Frame diferente do Drywall.

Esses 3 pontos simples tornam o Steel Frame diferente do Drywall

1. O aço do steel frame não é igual ao do drywall

O primeiro ponto é que as pessoas confundem os dois sistemas porque no drywall também se trabalha com perfis de aço espaçados a cada 40cm ou a cada 60cm, assim como no steel frame. Apesar da paginação ser a mesma, por causa das placas de fechamento (que de qualquer forma não são iguais), a diferença fica evidente quando olhamos mais internamente e vemos que o aço do drywall é diferente do aço do steel frame. 

Existem mais de 3.500 tipos de aço no mercado, e isso é o que torna o Steel Frame diferente do Drywall: o AÇO. Em construções e reformas com drywall usam-se perfis de 48mm, 70mm e 90mm, já no steel frame usa-se 90mm, 140mm, 200mm e 250mm. E o fato de os dois sistemas possuírem perfis de 90mm é o que traz confusão na hora de escolher o tipo de aço, apesar de terem concepções e usos completamente diferentes.


Leia também!

Por que usar drywall nas obras vale mais a pena que alvenaria?
Esse é o motivo pelo qual não deve misturar obras de steel frame com alvenaria
Esses são os motivos que vão fazer você amar DRYWALL e STEEL FRAME.


2. Diferença estrutural entre o steel frame e o drywall

O steel frame é um sistema estrutural, muito diferente da concepção do drywall que é um sistema de vedação. Mas o que isso quer dizer?

Isso quer dizer que o steel frame é diferente do drywall por ter estruturas que suportam carregamentos, ações e solicitações. Nele, não existem pilares e vigas como na construção tradicional, ao invés disso existem paredes estruturais que são responsáveis por segurar a laje e o telhado que estão em cima.

Nas construções tradicionais existem pilares e vigas que suportam a carga do telhado ou laje, e no steel frame a concepção de “pilar e viga” vem das paredes estruturais, assim como as treliças de laje e as de cobertura.

Resumindo, o steel frame pode ter diversas soluções estruturais para aguentar os mais diversos tipos de cargas, já o drywall não permite que grandes cargas sejam acopladas em suas paredes.

Essa é a diferença entre os sistemas de vedação e os estruturais.

3. Concepção e desenho dos perfis da estrutura

O terceiro e último ponto que torna o Steel Frame diferente do Drywall é o desenho dos perfis, que apesar de serem muito parecidos, não são iguais.

Tanto no drywall quanto no steel frame, existe uma peça estrutural chamada de montante, que é conhecida por ter o desenho de um “C” ou um “U” enrijecido, assim como existem também as guias, que são só apenas formadas pelo “C”/”U”. 

Mas o que a grande maioria não sabe é que esses desenhos, essas formas foram adotadas de forma parecida porque os dois sistemas possuem chapas finas na sua produção e concepções parecidas.

Esses são os três pontos fundamentais para você nunca mais confundir esses dois sistemas: vedação estrutural, desenho do perfil e a diferença dos aços.

Aprenda a montar Steel Frame na prática!

Conheça a Imersão Steel Frame e monte uma casa de steel frame com 84m², 2 pavimentos, escada, laje em balanço e aprenda 3 tipos de fachadas com a melhor técnica.