Steel Frame NÃO precisa de ÁGUA na sua construção: por quê?

A água na construção civil é um tema muito importante no Brasil e que é muito debatido. Mas por quê? E é sobre isso que vou estar falando agora com você.

Você já deve me conhecer, eu sou a Helena, mais conhecida como Dama do Gesso. Eu participei de várias obras, uma delas foi a Reforma do Maracanã. Faturei mais de R$100 milhões em obras antes dos meus 30 anos.

Em diversas localidades e momentos, as pessoas acabam regredindo na construção civil usando uma técnica arcaica, que é mais artesanal possível e que acaba, consequentemente, na grande maioria das vezes, utilizando muita água para se construir. Hoje nós temos a construção a seco, que é a evolução da construção civil.

Na construção a seco, a gente utiliza menos água, como o próprio nome diz.

É necessário que se entenda uma coisa, o Brasil, que é um país muito grande, em algumas localidades existem sérios problemas de abastecimento de água, enquanto que algumas outras não têm.

E o que consequentemente acaba acontecendo? Os locais que não têm esse problema com água acabam não se preocupando com isso e constroem com um tipo de sistema que acaba gastando muito mais água, sem tomar precauções quanto a isso.

Enquanto outras localidades, que têm sérios problemas de abastecimento de água, se preocupam muito mais com essa questão e tomam cuidados. Por isso consequentemente, eles acabam evoluindo o sistema construtivo deles, já que não têm muita opção, a não ser trabalhar racionalizadamente.

E agora o que é que eu quero que você entenda?

O Steel Frame é a forma mais sustentável de se construir que tem no mercado. Ele realmente é um sistema construtivo extremamente sustentável. E para que você entenda, eu vou estar explicando isso agora.

Uma obra tradicional, de alvenaria, de tijolo, cimento, concreto, utiliza, normalmente, 500 litros de água por m² construído.

Agora, se eu for fazer a mesma obra com sistema de construção à seco, Drywall e Light Steel Frame, eu vou estar utilizando apenas 5 litros de água por m² construído.

São 100 vezes menos água em uma mesma obra.

“Helena, mas o que isso quer dizer?” ou, então, “Helena, mas isso não é problema para mim. Eu não tenho questão de racionalização, eu não tenho problema aqui na minha região”. Beleza, mas quanto é que custa a água nessa região?

Onde tem problema de racionalização de água, o custo da mesma tende a ser muito mais caro. Mas em outros lugares que não têm problema de racionalização há um custo menor, mas não deixa de haver um custo, então você vai ter esse custo de água na sua obra

Por isso vamos agora fazer uma análise, um comparativo. Vamos fazer uma simulação de uma casa de 70 m². Vamos supor que eu vou construir uma na construção tradicional e que a outra eu vou construir ela em Light Steel Frame.

Uma casa construída em alvenaria de 70 m² vezes os 500 litros de água por m², fazendo as contas dá 35 mil litros de água.

Um dado que eu posso te passar é a média do custo da água no Brasil.

O litro da água é cinco centavos. Então se eu pegar os meus 35 mil litros vezes cinco centavos, eu vou ter um custo de R$ 1.750,00 de água para construir essa minha casa.

Você deve estar se perguntando, “Quanto isso sai por m², Helena?”. Vamos pegar esse valor e dividir por 70. Eu vou gastar R$ 25,00 por m² só com água.

Sério! Com R$ 25,00 você pega um piso maravilhoso. Sua casa fica top! É o dinheiro que dá para você economizar e investir em outra parte.

Agora vou fazer a simulação para a casa de Steel Frame, em que eu gasto apenas 5 litros de água por m². Então eu tenho a casa de 70 m² vezes 5, isso me dá 350 litros de água. Vezes os mesmos de cinco centavos que a gente tem, isso me gera o custo de R$ 17,50.

Olha a diferença! Você vai gastar R$ 1.750,00 ou R$ 17,50? Isso aqui no seu m² não dá nada.

Depois deu ter te dado todos esses dados, agora que você sabe fazer conta da economia de água que você vai ter na sua obra, com certeza você vai querer escolher o Steel Frame como sistema construtivo.

Gostou das dicas que eu te dei? Então se prepara que vem mais dica aí!

Conheça o nosso curso O BOOM DO STEEL FRAME.

Aprenda quais são as 20 táticas que me ajudaram a alavancar com meus negócios, me possibilitando ter mais de R$100 milhões em obras antes dos meus 30 anos.

Clica no link para mais informações.

Deixe seu comentário

Sobre a Dama

Com mais de 12 anos de experiência em construção a seco, Helena Rodrigues – mais conhecida como Dama do Gesso – é uma das pioneiras em obras de grande porte feitas com o sistema Steel Frame e Drywall.

Posts Recentes

Siga-nos

Vídeo em Destaque

Sign up for our Newsletter

Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit